Blog da Professora Lúcia Leiro

10/12/2011

Como se preparar para uma entrevista de monitoria

Filed under: Uncategorized — ltleiro @ 15:57

Tenho realizado algumas seleções de monitoria e percebido que, em geral, o estudante não se prepara adequadamente para a disputa da vaga. Seguem alguns pontos a serem observados:

1. Interesse pelo tema.

Neste aspecto não basta apenas gostar do tema, tem que conhecê-lo. Nas monitorias de ensino, o aluno deve mostrar que conhece o seu objeto e que deseja aprofundá-lo na mediação com outros alunos. Para que ele possa fazer isso adequadamente é necessário que ela conheça mais o assunto do que o aluno que está cursando a disciplina. Muitos se esquecem dos conteúdos lecionados nos semestres anteriores, por isso revisar antes da entrevista e da prova é fundamental. Nas monitorias de extensão, a(o) candidata(o) deve também gostar e conhecer para mediar, auxiliar melhor o professor.

2. Adequação do vestuário.

Trata-se de um item importante no processo de seleção, mas que tem tido pouco destaque. Muitas organizações nos cursos de preparação para entrevistas falam sobre a adequação do vestuário. Vestir-se adequadamente não significa colocar paletó e gravata ou um ternozinho, significa colocá-los se o evento assim exigir. A pessoa deve se preparar para os eventos cotidianos usando com pertinência a linguagem verbal e a não-verbal. Esmerar nesse item pode ser o passaporte de muitos para o primeiro emprego.

3. Excesso de informalidade.

Mesmo que conheça o seu entrevistador de longas datas ou que você tenha conhecido em um churrasco não significa que na entrevista você possa tratá-lo com incoveniente informalidade. O espaço da entrevista é formal, profissional, portanto exige uma outra performance. A informalidade, se houver, deve partir do entrevistador, se o propósito for deixá-lo mais à vontade, mas não abuse dessa permissão.

4. Pontualidade.

O calcanhar de Aquiles dos brasileiros. Poucos chegam no horário ou 15 minutos antes de qualquer evento. Chegar antes dá a vantagem de conhecer o ambiente onde irá trabalhar, seus concorrentes, além de deixá-lo mais descansado. É horrível entrar em uma sala para ser entrevistado com aspecto cansado com se viesse da São Silvestre e, pior, apresentando um milhão de desculpas. Passa a impressão de negligência, irresponsabilidade, falta de compromisso (mesmo que não seja).

5. Falta de Malícia

Um componente importante que só pode aparecer com a calma e a experiência devida. Em algumas situações, o entrevistador lança uma pergunta mais complicada e  você não sabe responder. Às vezes o entrevistador quer saber mais sobre como você se desviará da pergunta do que se você sabe a resposta, isto é, ele quer saber se você está preparado(a) para enfrentar situações difíceis, o que exige raciocínio rápido, tranquilidade e domínio da linguagem (para manipulá-la, claro, com inteligência). Isso é muito importante porque mesmo que o enrevistado não saiba responder a uma questão, jamais deve externar isso. É ingenuidade e frustra o seu interlocutor, além de ser um contrassenso, pois a entrevista é um espaço para mostrar conhecimento e não a falta deste. A sinceridade nem sempre é interpretada como algo positivo, ao contrário, pode ser visto como falta de maturidade, pois no mundo profissional a sinceridade tem mais a ver com a capacidade de convencer do que com a verdade. A lei da sinceridade refere-se ao quanto se pode fazer para que o interlocutor adira ao que é dito para ele.

6. Conteúdo

Participar de uma entrevista para seleção de monitoria de ensino requer uma preparação de conteúdo. Tente antecipar as perguntas do entrevistador. Quais seriam as possíveis perguntas? Saberia respondê-las com clareza e desenvoltura? Se o aluno escolhe a monitoria da disciplina Literatura e Educação, precisa rever a ementa, estudar o conteúdo e tentar responder a alguns conceitos-chave, por exemplo, o conceito de literatura, a relação literatura e educação, o conceito de educar, autores e obras, etc.

7. Tranquilidade

Outro calcanhar de Aquiles dos entrevistados. Difícil não ficar ansioso e tenso em uma entrevista, mas é possível disfarçar esse nervosismo que tende a passar depois de 01 minuto. Se você se prepara, sabe que irá com uma vantagem grande contra aquele que (em geral) não se prepara. Tenha auto-confiança, conheça o seu objeto de estudo e expresse isso para o entrevistador, nesse caso o professor.

8. Documentação

Elemento muito importante no processo e, por isso, deixei por último. A falta de um documento significa desclassificação imediata do candidato. Os protocolistas (ou protocoladores, o dicionário Houaiss ainda não traz os verbetes) não deve receber um processo sem a documentação completa do candidato, mas caso o processo tramite mesmo assim, por algum lapso, o professor-entrevistador pode desclassificar o candidato.

Logicamente que essa parte da documentação deve estar expressa em edital com base nas resoluções da universidade que delibera as normas por meio dos  Conselhos Superiores (CONSU/CONSEPE).

Boa entrevista!

12 Comentários »

  1. Muito bom e útil o artigo!
    parabéns, continue auxiliando os estudantes.

    Comentário por leo — 02/14/2012 @ 12:50 | Responder

    • Obrigada, Léo, ando em débito, mas vou retomar este blog com algumas reflexões. Um abraço, Lúcia

      Comentário por ltleiro — 02/23/2014 @ 21:20 | Responder

  2. Além de ser muito importante, também são muito interessantes as instruções contidas aqui.

    Comentário por Maria das Graças S. S. Caldas Muniz — 09/12/2012 @ 17:00 | Responder

    • Obrigada, Graça, por ter postado o seu comentário. Um abraço, Lúcia

      Comentário por ltleiro — 02/23/2014 @ 21:19 | Responder

  3. Gostei muito do artigo é o que eu precisava realmente saber para poder me preparar.

    Comentário por AMALIA — 11/30/2012 @ 02:39 | Responder

    • Obrigada Amália por comentar. Espero que tenha sido útil. Sucesso! Lúcia

      Comentário por ltleiro — 02/23/2014 @ 21:19 | Responder

  4. Muito bom, bem explicado e me foi muito útil, farei uma entrevista que talvez será bem parecida com os assuntos acima, obrigada!!!!

    Comentário por Josie — 02/20/2014 @ 20:06 | Responder

    • Que bom, fico feliz que tenha sido útil. Um abraço e sucesso! Lúcia

      Comentário por ltleiro — 02/23/2014 @ 21:18 | Responder

  5. Excelente artigo! Parabéns e obrigado!

    Comentário por Guilherme P — 03/26/2014 @ 01:20 | Responder

    • Obrigada, Guilherme. Um abraço, Lúcia

      Comentário por ltleiro — 11/09/2014 @ 11:16 | Responder

  6. Ótimos conselhos! Muito bom artigo.

    Comentário por André Filipe — 09/11/2014 @ 13:08 | Responder

    • Obrigada, Filipe!

      Comentário por ltleiro — 09/15/2014 @ 19:47 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: