Blog da Professora Lúcia Leiro

07/07/2009

Michael Jackson: It dont’t matter if you’re black or white*

Filed under: Uncategorized — ltleiro @ 16:23

Demorei para postar um texto sobre Michael Jackson, pois acredito que a sua morte inesperada tenha provocado esse efeito de choque nas pessoas, sobretudo naquelas que passaram boa parte da adolescência escutando Os Jackson Five e, mais à frente, os estrondosos sucessos alcançados quando enveredou pela carreira solo.

Revendo os clipes do cantor, pude perceber o quanto a sua visão de mundo era expressa no corpo, através da dança, e nas letras das músicas. Em Black or White,  a  mensagem foi completamente esmaecida pela ênfase na época à tecnologia aplicada, já que várias pessoas de raça e etnia diferentes transmutavam-se, mostrando a linha tênue que separam os povos. No entanto, esse canto ao respeito e à dignidade da pessoa hunana, independente de sua origem, foi absorvida e ofuscada pelas questões tecnológicas.

Na época, houve quem dissesse que os efeitos não eram tão novos assim. No entanto, era bem melhor falar da tecnologia do que sobre questões referentes às identidades transitórias, não fixas, líquidas, como hoje são chamadas. Mas o clipe era um manifesto à liberdade (ele aparece no alto da Estátua da Liberdade) e ao seu redor várias construções de  outros países em um mesmo espaço, mostrando que a América era multicultural e que o mundo, na verdade, estava assim constituído.

A denúncia fica mais agressiva quando, no mesmo clipe, no final, aparece uma pantera negra (alusão ao movimento antiracista norte-americano dos anos 60) que se transforma no cantor. Nesta cena ele não canta, apenas dança e o seu corpo enuncia, por meio de passos ágeis e vigorosos, uma denúncia social. Começa quebrando os vidros dos carros (símbolo de poder e de classe social) onde estão escritos Nigger (forma depreciativa de dirigir-se a pessoa negra naquela cultura)  go out (isto é, negro fora!) e o símbolo da suástica (símbolo de uma ideologia pautada na supremacia da raça branca sobre todas as outras). Mostrando o mal-estar de uma nação branca ao deparar-se com membros de uma comunidade negra que ascende socialmente. Os clipes de Michael Jackson são todos com essa tônica, mas o senso comum, seguindo as distorções da mídia sensacionalista e preconceituosa, prefere falar da sua vida pessoal e do “mistério” que o cerca.

Vejo Michael como um idealista, uma alma jovem, esperançosa, apesar de tanta amargura em sua vida, cuja sensibilidade já apontava desde a infância. Acreditava em um mundo melhor, onde as pessoas pudessem viver sem as famigeradas barreiras sociais, seja ela qual for. Ele próprio quis experimentar imprimindo em seu corpo a possibilidade de transmutar-se.

Para mim,  como crítica da cultura, fica a mensagem de um homem que quis mostrar ao mundo, graças a sua popularidade,  os problemas sociais que envolvem a exploração de um homem sobre o outro. Isolou-se para proteger-se, mas no palco, assim como em suas letras, podia dizer o que quisesse e disse para quem tem bons ouvidos e bons olhos.

It’ black, it’s white (É negro, é branco)

It’s tough for you (É duro para você)

To get by (passar)

A Revista Isto É nº 2068, de 1º de julho, publicou falas de alguns artistas. A que mais se aproximou do que eu penso sobre Michael Jackson é a de Paul McCartney:

“Era um homem-menino. Um homem com alma gentil”

*MICHAEL JACKSON: NÃO IMPORTA SE VOCÊ É BRANCO OU NEGRO

6 Comentários »

  1. Entendir que Machael Jackson, usava suas músicas como forma de manifetação contra as diferenças socias e racias em uma sociedade, que todos podessem ter os mesmo direitos, e que o mundo deveria ser bem melhor se não houvesse descriminações e divisões de branco e negro.
    A certeza é que Machael,mostoru a realidade da sociedade através da música e nem por isso deixou de ser famoso.

    Comentário por TATIANE CERQUEIRA — 07/08/2009 @ 04:22 | Responder

  2. Michael Jackson era um visionario, estava além do seu tempo, ao mesmo tempo, era esperançoso no que se refere aos seres humanos, acreditava sempre em um mundo melhor, em pessoas melhores, que o mundo e a sociedade fosse justa equitativa e igualitaria para todos, sendo assim, não haveria fome no mundo, pelo qual sempre lutou. O menino homem sonhava com a utopia do mundo perfeito, onde não haveria discriminações de qualquer especie.

    Comentário por joselita santana — 07/09/2009 @ 23:42 | Responder

  3. EU VEJO MICHAEL JACKSON COMO MAIS UM SER HUMANO SOFREDOR DE DEZENAS DE PRECONCEITOS E DICRIMINAÇÕES POR SER NEGRO E POBRE EM UM PAÍS COMPLETAMENTE RACISTA E O PIOR É QUE UMA BOA PARTE VINHA DIRETAMENTE DO PRÓPRIO PAI SENDO REFORÇADO PELA SOCIEDADE LEVANDO ELE A SE MASCARAR E FICAR COM O ROSTO TRANSFORMADO, AINDA ASSIM FEZ E SEMPRE FARÁ SUCESSO PARA TODO O SEMPRE QUE PENA QUE AINDA NÃO O ENTERRARM, ISSO É UM SOFRIMENTO PARA O ESQUELETO HUMANO ESTOU PENALIZADA COM ESSE DESCONFORTO DA MATÉRIA DO MICHAEL.

    Comentário por marta santos — 07/15/2009 @ 14:49 | Responder

  4. Eu vejo Michael Jackson como mais um ser humano oprimido sofredor das discriminações raciais a comecar pelo próprio pai que o oprimia levando-o a estravasar a opressão através das muitas músicas de extremo sucesso, quando ele estava no palco se transformava em uma pessoa feliz por está fazendo uma coisa na qual o pai não poderia chegar perto pra oprimi-lo, o importante é que ele está na paz do senhor agora só falta eles tomarem vergonha e enterrar o rapaz

    Comentário por marta de almeida santos — 07/15/2009 @ 14:57 | Responder

  5. “o importante é que ele está na paz do senhor agora só falta eles tomarem vergonha e enterrar o rapaz”
    Martinha voce e demais.

    Comentário por thiago rebouças — 07/25/2009 @ 00:59 | Responder

  6. THIAGO REBOUÇAS O QUE SIGNIFICA VC DIZER QUE EU SOU DEMAIS BJSSSSS.

    Comentário por marta santos — 08/31/2009 @ 21:01 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: