Blog da Professora Lúcia Leiro

06/08/2009

Letras de música de Forró: um olhar sobre os gêneros

Filed under: Uncategorized — ltleiro @ 14:49

Em tempos juninos, as linguagens se apresentam sob várias modalidades: forró pé-de-serra, eletrônico, universitário, mas todos apostam na cultura da alegria que já se tornou um grande filão dos  produtores da insdústria cultural.

Impossível não perceber como a ideologia de gênero atravessa as composições, nos mostrando como as representações de homens e mulheres aparecem nos textos.

As relações de poder nas músicas de forró trazem imagens que há muito tempo vem sendo questionadas pelas feministas. Um embate secular. Imagens que colocam a mulher em um duplo espaço de subordinação através da regulação da sua sexualidade. Tanto a mulher que está em casa (Comendo Água) quando a periguete (Ivete) são controladas pelo discurso do homem que busca trazê-las sob a sua dependência. Na primeira música, a mulher está em casa enquanto o homem sai com os amigos para se divertir e pede que a mulher o espere lhe prometendo prazer. Na segunda música, a mulher aparece como elemento de diversão, por isso desqulificada, compondo o tripé: forró, mulher e bebida alcóolica.

Atentar para as músicas e a ideologia de gênero é um exercício que vale a pena realizar nesses tempos. Além das músicas, as performances de palco e nas pistas de dança também são exemplares para compormos um quadro descritivo das prática de gênero.

6 Comentários »

  1. Gostei bastante do texto. Estou fazendo um trabalho da pós graduação sobre A representação feminina em duas músicas de pagode e esse seu texto tem tudo a ver. Voce tem algo mais sobre esse assunto?
    Não se preocupe que não esquecerie dos devidos créditos

    Comentário por yeda — 09/01/2009 @ 02:47 | Responder

    • Olá, Yeda

      Na verdade, o estudo da representação da mulher nas músias de pagode é recente, assim como do forró. De fato, a gente não encontra muita coisa. Qual a sua área?

      Comentário por ltleiro — 09/01/2009 @ 07:15 | Responder

  2. Parabéns pelo trabalho aprofundando-se em músicas!Meu pequeno trabalho sobre as músicas de Forró (em Manaus),considerando o número excessivo do uso do pronome “EU” como instrumento do discurso para as relações de poder/posse e ainda, considerando o transcendência de locutor para alocutário no processo de discurso. Benveniste. EU-TU como pessoas ativas do discurso. Como você, Proª Lúcia Leiro,que está mais aprofundada com relação a isso poderia me ajudar com materiais científicos.

    Comentário por ROSSINE DE SOUZA RODRIGUES — 06/24/2010 @ 16:25 | Responder

    • Olá, Rossine
      Obrigada.
      Os estudos sobre letras de forró, até onde eu saiba, assim como pagode ainda precisa ganhar fôlego. Você trabalha com que abordagem?
      Abraços
      Lúcia

      Comentário por ltleiro — 06/27/2010 @ 21:56 | Responder

  3. gostaria de dar enfoque às características da 1º pessoa do discurso quando tratar das músicas de forró.

    Comentário por ROSSINE DE SOUZA RODRIGUES — 08/04/2010 @ 15:52 | Responder

    • Acho uma boa idéia, pois mostra como a primeira pessoa mascara o jogo polissêmico e plurivocal do texto. O uso da primeira pessoa dá a ilusão de que a ideologia, o discurso emerge no momento da enunciação quando, na verdade, a enunciação apenas atualiza.

      Comentário por ltleiro — 08/04/2010 @ 22:45 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: